Guiné-Bissau

Guiné-Bissau; Chefes de Estado-maior da CEDEAO em Bissau

Os chefes das forças armadas do Senegal, Nigéria, Níger e Togo iniciaram, esta quinta-feira 14 de Novembro, em Bissau, um conjunto de reuniões com as autoridades políticas e militares.

Os chefes de Estado-maior General das Forças Armadas destes quatro países encontram-se na capital guineense, no quadro da CEDEAO, e no seguimento da Cimeira Extraordinária da organização, que teve lugar em Niamey, capital do Níger, no a 8 de novembro, quando a situação política na Guiné-Bissau foi tema dominante da agenda.

A comitiva é composta pelos generais Cheikh Gueye, do Senegal, Abayomi Gabriel Olonishakin, da Nigéria, Ahmed Mohamed, do Níger, Felix Abalo Kadangha, do Togo e é integrada também pelo general Usmam Yussuf, Chefe de Estado-maior das forças armadas da CEDEAO.

Durante dois dias, os responsáveis militares vão manter um conjunto de encontros com as autoridades políticas guineenses, entre quais o Presidente cessante, José Mário Vaz, primeiro-ministro Aristides Gomes, e com os ministros da Defesa e do Interior.

A presença dos Generais dos países membros da CEDEAO antecede a deslocação a Bissau de cinco Presidentes africanos, nomeadamente da Costa do Marfim, da Gâmbia, Guiné Conacri, Gana e Nigéria, com objectivo de informar ao Chefe de Estado cessante, Mário Vaz, sobre as decisões da última cimeira da CEDEAO.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo