Guiné-Bissau: Cipriano Cassamá diz que cenário eleitoral e pós-eleitoral poderá ser pouco animador

O Presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassamá, admitiu, esta quarta-feira, 30 de Janeiro, que o caminho a percorrer até as eleições legislativas na Guiné-Bissau comporta “riscos e têm armadilhas derivadas de vontades inconfessos”.

Por esse motivo, durante o ato de encerramento do II° Fórum das Mulheres e Raparigas para a Paz, Cipriano Cassamá disse que conta com a contribuição das mulheres guineenses na “prevenção e remoção de obstáculos” no processo democrático que se aproxima no país.

Para Cipriano Cassamá, os factos registados desde o início do processo do recenseamento eleitoral desenham um cenário eleitoral e pós-eleitoral pouco animador.

Segundo o Presidente da ANP a Guiné-Bissau não pode “compadecer com perturbações endémicas” na medida em que precisa de consolidar definitivamente, apelando, por outro lado, às mulheres a manterem-se em alerta e continuarem a desenvolver, com carácter de permanência, a sua magistratura de influência no sentido a dissuadir, se possível, as potenciais tensões conducentes às crises.

Tiago Seide

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste recebe USD 4 milhões do Japão para eleições

Timor-Leste recebe USD 4 milhões do Japão para eleições

O Governo japonês disponibilizou quatro milhões de dólares americanos (3.545.244 euros) ao Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) para a…
Cabo Verde vai continuar mais pobre comparativamente a 2019

Cabo Verde vai continuar mais pobre comparativamente a 2019

Cabo Verde tem um crescimento de 7,5% previsto para 2021 e de 6% para 2022. No entanto, esses números são…
Angola: ERCA alerta comunicação social para parcialidade na política

Angola: ERCA alerta comunicação social para parcialidade na política

A Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA) avisou em nota os meios de comunicação social, “independentemente do seu regime…
Timor-Leste conta com cooperação da OMS em 2022

Timor-Leste conta com cooperação da OMS em 2022

A Organização Mundial da Saúde (OMS) em Timor-Leste informou que vai manter a cooperação com o Ministério da Saúde do…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin