Guiné-Bissau é um dos países mais vulneráveis à Alteração Climática

O Ministro do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável António Serifo Embaló, disse que a Guiné-Bissau é um dos países mais vulneráveis aos efeitos das alterações climáticas do mundo.

Essa vulnerabilidade, segundo António Serifo Embaló, prende-se com a sua localização geográfica, a sua baixa costa e a sua fraca capacidade de fazer face a este fenómeno.

“Este fenómeno tem assolado grande parte da África, Ásia, e, principalmente, os pequenos Estados insulares em desenvolvimento, do qual faz também parte a Guiné-Bissau” disse, fazendo alusão ao arquipélago de Bijagós.

Neste sentido, Serifo Embaló revelou que a Guiné-Bissau já iniciou a introdução da dimensão Alterações Climáticas nos documentos estratégicos de alguns setores, nomeadamente agricultura e recursos hídricos, assim como a elaboração de uma estratégia e plano de ação de financiamento durável de adaptação as alterações climáticas à curto, médio e longo prazo.

“Fortalecimento de sistema de recolha, análise, tratamento e difusão de informação meteorológico e climatológico, através da construção e reabilitação e apetrechamento de duas estações sinópticas de Gabu e Bafatá, respetivamente, e de 10 postos meteorológicos auxiliares” explicou Serifo Embalo, adiantando que “esta iniciativa nacional constituirá o alavanque para a consolidação de uma adaptação duradoira, tornando as nossas comunidades, os nossos equipamentos e os nossos meios de subsistências mais resilientes às inclemências do clima”.

Os técnicos de diferentes instituições públicas da Guiné-Bissau estão reunidos esta terça-feira, 31 de Janeiro, num atelier de formação sobre o processo de Elaboração do Plano Nacional de Adaptação Às Alterações Climáticas a Médio e Longo Prazo.

O evento é organizado pelo Ministério do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável em parceria com o PNUD.

Nhima Aissatu Seide

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Autoridades preocupadas com aumento de agiotas

Moçambique: Autoridades preocupadas com aumento de agiotas

O Gabinete Provincial de Combate à Corrupção em Sofala está preocupado com o aumento de agiotagem ou de indivíduos que…
Rússia: Russos incendeiam postos de recrutamento militar

Rússia: Russos incendeiam postos de recrutamento militar

Alguns russos decidiram incendiar postos de recrutamento desde o início da mobilização parcial de reservistas decretada pelo Presidente do país, Vladimir…
Angola: UNITA marcha neste sábado pela liberdade

Angola: UNITA marcha neste sábado pela liberdade

A UNITA convocou no início do mês uma marcha pela liberdade para este sábado, 24 de setembro. O evento foi…
STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

O presidente do Movimento para o Progresso – Partido Novo, Abílio Espírito Santo, tem partilhado a sua experiência como emigrante durante…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin