Guiné-Bissau: Estudantes da ENA querem uma auditoria à gestão da actual Direcção

Os estudantes da Escola Nacional de Administração da Guiné-Bissau (ENA) realizaram esta segunda-feira (23.1) uma conferência de imprensa para tornar a público o que qualificam de “má gestão” desta instituição do ensino superior.

Justino Simão Ialá, presidente da Associação Académica dos estudantes da ENA acusou a Direcção desta instituição académica “de má gestão da coisa pública” e convidou o Tribunal de Contas a efectuar uma auditoria na Escola Nacional da Administração.

A vigília de semana passada foi positiva. Os colegas [estudantes] fizeram um balanço e concluíram que é necessário a demissão imediata em bloco de Direcção da ENA, pelas seguintes razões. Após o Conselho de Ministros [de Agosto de 2022] ter suspendido as contratações na área de educação, a Direcção da ENA estava ciente da situação. Na altura, estávamos no fim de ano académico e a Direcção abriu novas inscrições para ingressos sem ter garantias de docentes”, explicou Ialá que criticou ainda a cobrança de 2.500 francos Cfa de coima aos estudantes que inscreveram-se fora do prazo”, mas particularmente de “receber dinheiro de novos ingressos, sem ter docentes”.

“A ENA está degradada, tomam dinheiro e não reparam. Isto é falta de competência. Questionamos sobre as verbas e despesas, sem efeito”, disse. Perante a situação, a Associação Académica convidou o Tribunal de Contas a efectuar uma auditoria à ENA e à gestão da actual Direcção.

Mamandin Indjai

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PP quer tornar Sal Rei numa cidade mais cosmopolita

Cabo Verde: PP quer tornar Sal Rei numa cidade mais cosmopolita

O líder do Partido Popular (PP), Amândio Barbosa Vicente, considera necessário reorganizar e investir na cidade de Sal Rei. O…
Moçambique: Renamo pede demissão do Governo

Moçambique: Renamo pede demissão do Governo

A Renamo quer que o Governo moçambicano se demita pela implementação “desastrosa” da Tabela Salarial Única (TSU). Para o maior…
Guiné-Bissau: Umaro Sissoco Embaló confiante na moeda comum da CEDEAO

Guiné-Bissau: Umaro Sissoco Embaló confiante na moeda comum da CEDEAO

O Chefe de Estado guineense e Presidente em Exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) defende que…
Paulo Porto Fernandes destaca “desconto nos impostos” como destaque do programa PNAID

Paulo Porto Fernandes destaca “desconto nos impostos” como destaque do programa PNAID

Um benefício que prevê a redução em 50% dos impostos nos primeiros anos é o destaque do Programa Nacional de…