Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Forças da Ordem impediram entrada de deputados na Assembleia

Nas primeiras horas desta quinta-feira 07 de Maio, as forças da ordem penetraram nas instalações da Assembleia Nacional Popular (ANP) e impediram a entrada dos deputados no hemiciclo guineense. A e-Global tentou, sem sucesso, contactar os responsáveis do ministério do Interior que neste momento está encerrado devido pandemia de Covid-19 que infectou o ministro do Interior, Botché Candé, o secretário de Estado da Ordem Pública e alguns responsáveis do comissariado.

Entretanto o PAIGC, partido mais votado nas últimas eleições legislativas na Guiné-Bissau, defendeu que a CEDEAO, como mediadora da crise política, elabore um roteiro que permita o cumprimento do seu último comunicado como forma de contribuir na busca de uma solução para superar a crise política vigente no país.

Em conferência de imprensa conjunta com as bancadas dos partidos que constituem a “maioria parlamentar”, a fim de reafirmarem lealdade com o partido mais votado nas últimas legislativas, o líder da bancada parlamentar do PAIGC, Califa Seide disse que: “a única precisão que temos no comunicada é da formação de um novo governo até 22 de Maio, de facto é preciso que a CEDEAO elabore um roteiro que permita o cumprimento do seu último comunicado como forma de ajudar na busca da solução para superar a crise política vigente no país, defende”. Sobre o mesmo assunto a bancada parlamentar do MADEM-G15, segunda força política, prometeu reagir nos próximos dias.

Ansumane Só

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo