Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Função Pública paralisada a partir desta segunda-feira

GB sindicato UNTG
Arquivo

A União Nacional dos Trabalhadores da Guiné (UNTG CS), a maior Central Sindical da Guiné-Bissau, inicia nesta segunda-feira, 04 de Janeiro de 2021, uma greve de cinco dias na Função Pública.

A Central Sindical UNTG quer com a greve pressionar o Governo para o cumprimento do Memorando de Entendimento e sua adenda, assinado em 2019 e 2020, bem como o cumprimento de um decreto sobre o desempenho e avaliação na administração pública e critérios de admissão de novos funcionários.

Na semana passada, o Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, reuniu com uma delegação da Central Sindical a fim de tentar evitar a greve.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo