Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Greve dos funcionários da ANP impediu debate do programa do governo

Esta quinta-feira, 19 de Setembro, deveria ter iniciado na Assembleia Nacional Popular (ANP) a sessão plenária em que seria debatido o programa do governo chefiado pelo Primeiro-ministro, Aristides Gomes. Uma sessão que não teve lugar devido à falta de energia eléctrica, consequência da greve dos funcionários da ANP.

Numa declaração à imprensa a 14 de Setembro, o presidente da comissão negocial do Sindicato dos Funcionários Parlamentares, (SINFUP), Abel Augusto Tchudá, alertara que a greve dos funcionários poderia impedir o debate e aprovação do programa do Governo e do Orçamento Geral de Estado, mas também interromper as eleições presidenciais de 24 de Novembro, uma vez que a paralisação abrange a Comissão Nacional de Eleições (CNE), Conselho Nacional da Comunicação Social e a Inspecção Nacional de Luta Contra Corrupção.

Laurena Carvalho Hamelberg

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo