Guiné-Bissau: Greve nos órgãos de comunicação social públicos, excepto na Televisão

Os funcionários dos órgãos de comunicação social públicos da Guiné-Bissau iniciaram esta terça-feira 29 de Janeiro uma greve a fim de exigirem, entre outras, melhoria das condições de trabalho.

Com a excepção da Televisão Nacional (TGB), que alega a impertinência da paralisação, preocupando-se com a “censura” no único canal televisivo do país,  os funcionários da Rádio Nacional, do Jornal “No Pintcha” e da Agência de Notícias Estatal, referem também a reposição do subsídio “desproporcional” aos jornalistas, técnicos e administrativos destes órgãos e dos funcionários do Ministério da Comunicação Social.

Na opinião do Governo, o subsídio em causa deveria apenas ser aplicado aos jornalistas e técnicos, e não aos funcionários administrativos do Ministério, que trabalham em regime geral.

A greve nos órgãos de comunicação social públicos acontece dias depois de os jornalistas da Televisão Pública guineense terem “rebelado” contra a censura, alegando que os partidos “PRS e MADEM-G15, são os principais privilegiados, prejudicando o PAIGC”, que vê as suas actividades políticas censuradas, depois da cobertura por parte da própria equipa da TGB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

O Xº Congresso do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) que deveria decorrer de 10 a…
Cabo Verde: PAICV quer "gestão transparente" do dinheiro disponibilizado por Portugal

Cabo Verde: PAICV quer "gestão transparente" do dinheiro disponibilizado por Portugal

O PAICV apelou a uma “gestão transparente” dos montantes disponibilizados por Portugal, no âmbito da cimeira bilateral com o país…
Brasil: missão de solidariedade resgata 68 refugiados da guerra, na Ucrânia 

Brasil: missão de solidariedade resgata 68 refugiados da guerra, na Ucrânia 

Pousou em solo nacional na manhã de quinta-feira (10) o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que trazia 42 brasileiros…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin