Guiné-Bissau: Jornalistas preocupados com liberdade de imprensa no país

imprensa jornais

A Guiné-Bissau ocupa a 78.ª posição no Índice de Liberdade de Imprensa divulgado pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

No documento publicado esta quarta-feira (03.05), sob auspícios da Associação das Mulheres Profissionais da Comunicação Social, que citou um inquérito aplicado aos profissionais de Comunicação guineenses, “92 % dos respondentes considera que o Governo não está empenhado no combate à violação da liberdade de imprensa”.

“As notícias recentes de ordem de encerramento de rádios por falta de pagamento da taxa de emissão são apontadas como exemplo das dificuldades por que passam os órgãos de comunicação social do país”, lê -se no documento que ressalta que “mais de metade dos jornalistas guineenses considera que há influência política no jornalismo”.

“Em matéria de igualdade de género, esta também ainda não chegou às redacções guineenses. As mulheres jornalistas continuam a ser relegadas para chefias intermédias, e na sua maioria continuam a ser jornalistas de base”, indica o relatório.

O documento é o resultado de uma parceria da Liga Guineense de Direitos Humanos, Associação para a Cooperação Entre os Povos, a Mindjeris Di Guiné Nô Lanta e a Casa dos Direitos e contou com o apoio do instituto Camões.

Mamandin Indjai

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

A Coligação PAI Terra Ranka e o Fórum para a Salvação da Democracia, que congrega MADEM-G15, PRS e APU-PDGB, reuniram…
Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique vai receber 60 milhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do programa de assistência ao país. …
Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

A Câmara Municipal da Praia (CMP) reafirmou o compromisso de resolver as reivindicações dos trabalhadores. No entanto, sublinhou que muitos…
Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…