Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: José Mário Vaz formaliza candidatura e diz que deposita confiança no povo

José Mário Vaz

O Presidente da República cessante, José Mário Vaz, entregou esta quinta-feira a sua candidatura à eleição presidencial no Supremo Tribunal. O candidato independente diz que não vai mudar de direcção e que tem como objectivo de manter a tranquilidade interna, a paz civil, a liberdade de expressão, de manifestação e de imprensa, como tem feito durante a IX legislatura.

“O povo é que mais ordena”, disse José Mário Vaz, alegando que não compete a “nenhum partido político ou candidato decidir qual será o vencedor desta corrida, mas sim ao povo”, e por esse motivo não está preocupado em ter ou não o apoio do MADEM-G15 e do PRS.

Em declarações à imprensa, o presidente cessante, disse que sua candidatura é uma oportunidade para dar continuidade aos “ganhos que o país conseguiu” durante seu mandato.

“É vergonhoso o que estamos assistir hoje na Guiné-Bissau, a opinião da Comunidade internacional volta outra vez para o país sobre a questão de droga. Cada um tem de fazer o seu trabalho, porque não compete ao Presidente da República dar instruções, mas sim compete às instâncias judiciais” acrescentou José Mário Vaz.

Laurena Carvalho Hamelberg

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo