Guiné-Bissau: MADEM-G15 alerta que alguns eleitores correm risco de não poderem votar

O diretor Nacional da campanha do Movimento para Alternância Democrática, Marciano Silva Barbeiro disse, esta quinta-feira 31 de janeiro, que MADEM-G15 não vai contribuir para qualquer entrave ao processo eleitoral na Guiné-Bissau.

Em conferência de imprensa, Marciano Silva Barbeiro denunciou a não publicação de nomes dos cidadãos recenseados em alguns círculos eleitorais do país, alertando que se essa situação não for corrigida poderá impedir uma maioria de eleitores exercer o seu direito de voto no dia 10 de Março.

“Há muitas imperfeições no recenseamento. Centenas de eleitores recenseados não viram os seus nomes nas listas afixadas em diferentes círculos eleitorais. E estes correm o risco de não votar no dia das eleições. Outra situação, nas listas afixadas, os nomes dos eleitores não foram escritos em conformidade com as suas identificações. A título de exemplo, os brigadistas não escreveram corretamente o nome da mãe do Presidente da República” disse Marciano Silva Barbeiro, sublinhando que estão a acompanhar os trabalhos técnicos e políticos que estão a ser feito, desde o início do recenseamento eleitoral.

Marciano Silva Barbeiro chamou também atenção ao Presidente da República e ao governo sobre a necessidade de se fazer as correções necessárias, antes das próximas eleições legislativas, prometendo apresentar as soluções concretas para a “correção de irregularidades” do processo de recenseamento, se o seu partido for convidado pelo governo, para que as eleições possam ter lugar a 10 de Março e que sejam livres, justas e transparentes.

Tiago Seide

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: João Lourenço acredita nove embaixadores

Angola: João Lourenço acredita nove embaixadores

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, acreditou nesta sexta-feira, 20 de janeiro, nove embaixadores, sendo três deles residentes.  Dos…
Moçambique: Nyusi exonera vice-ministra e secretários de Estado

Moçambique: Nyusi exonera vice-ministra e secretários de Estado

O chefe de Estado moçambicano exonerou nesta quinta-feira, 19 de janeiro, a vice-ministra da Saúde, Farida Abdula Urci. Filipe Nyusi…
Portugal e Cabo Verde convertem dívida em fundo climático

Portugal e Cabo Verde convertem dívida em fundo climático

A dívida de Cabo Verde a Portugal vai ser convertida num Fundo Climático e Ambiental, de acordo com um memorando…
Moçambique: Município de Quelimane conta com mais meios para Saneamento Urbano

Moçambique: Município de Quelimane conta com mais meios para Saneamento Urbano

A Empresa Municipal de Saneamento (EMUSA) conta, desde 19 de janeiro, com novos equipamentos para serviços de saneamento municipal na…