Guiné-Bissau: Novas chefias militares guineenses tomam posse

Quando correm rumores sobre um suposto “golpe de Estado” na Guiné-Bissau, o Presidente Umaro Sissoco Embaló efectuou mudanças nas chefias militares, os quais tomaram posse esta quarta-feira 24 de Fevereiro.

O Brigadeiro-General Dinis Incanha, sobrinho do Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas, Biagué Na Ntan, tomou posse como Chefe da Casa Militar da Presidência da República, substituindo o Brigadeiro-General António Abel.

O Comodoro Victorino Tegba foi nomeado Vice-Chefe do Estado Maior da Armada, também tomou posse esta quarta-feira.

Após um impasse e debates internos para a substituição de Ibraima Papa Camará, exonerado de Chefe do Estado Maior da Força Aérea, a sua função passou a ser assumida pelo Major General Joaquim Filinto Silva Ferreira, que terá como “vice” o Brigadeiro General Mama Saliu Embaló, o qual deixa as suas funções na Contra Inteligência Militar.

Ibraima Papa Camará passa a assumir a presidência do Instituto da Defesa Nacional, que segundo algumas fontes “é um cargo de fim de carreira”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Timor-Leste: Xanana quer que setor privado seja motor de desenvolvimento

Timor-Leste: Xanana quer que setor privado seja motor de desenvolvimento

O político timorense Xanana Gusmão desafiou o setor privado do país a ser motor de desenvolvimento sem estar dependente do…
Angola: MPLA fala sobre projetos estruturantes no Zaire

Angola: MPLA fala sobre projetos estruturantes no Zaire

O primeiro secretário do MPLA na província do Zaire, Adriano Mendes de Carvalho, reafirmou o compromisso do partido no poder…
Cabo Verde: UCID critica falta de recursos na PJ no Mindelo

Cabo Verde: UCID critica falta de recursos na PJ no Mindelo

A UCID denunciou publicamente a falta de recursos humanos, materiais, financeiros e tecnológicos no Departamento de Investigação Criminal da Polícia…
Comissão Europeia e Conselho Europeu consideram China uma ameaça

Comissão Europeia e Conselho Europeu consideram China uma ameaça

Os presidentes da Comissão Europeia e do Conselho Europeu, Ursula von der Leyen e Charles Michel, respetivamente, reconheceram nesta terça-feira,…