Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

Nuno Nabiam

O antigo Primeiro-ministro e conselheiro especial do Presidente da República, Nuno Gomes Nabiam demitiu-se das funções alegando a “falta de diálogo” do chefe de Estado que qualificou de “senhor absoluto “.

Na missiva que Nuno Gomes Nabiam enviou a Umaro Sissoco Embaló,  de 16 de Fevereiro, o antigo primeiro-ministro e líder da Assembleia do Povo Unido – Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB) acusou ainda o presidente guineense de  “interferência noutras instituições de Estado”.

“Considerando que, o Senhor Presidente da República não se mostrou estar aberto ao diálogo político capaz de contribuir para a criação de condições para uma governação pacífica e estável do país. Considerando as constantes interferências do Senhor Presidente de República no funcionamento das instituições democráticas nacionais, nomeadamente nos outros órgãos de Soberania, o Parlamento, o Governo, o Tribunal da Justiça, e Tribunal de Contas, a Procuradoria-Geral, os Partidos Políticos assim como a tentativa de sequestrar e politizar as forças de segurança do país, apenas para cobrir vossos interesses eleitorais, agindo como senhor absoluto num país do estado de direito democrático”, elenca Nuno Nabiam.

O agora ex conselheiro especial do Presidente da República,  apontou ainda nos motivos da sua demissão os “discursos de intimidação e de ofensa moral pública (palavrões), as reiteradas violações dos direitos humanos cometidas pelas forças palacianas contra as populações sem direito de reivindicação, factos estes, entre outros, que não coadunam com a minha personalidade e o modo de fazer a política ao serviço do Povo da Guiné-Bissau”, escreveu Nuno Nabiam.

O antigo Primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabian, era até à sua demissão Conselheiro do Presidente da República Umaro Sissoco Embaló, com regalias inerentes ao cargo do Primeiro-ministro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Goa: Residentes Ribandar retiram barreiras de proteção 

Goa: Residentes Ribandar retiram barreiras de proteção 

Depois de mostrarem o seu descontentamento pelo atraso das intervenções do projeto da “Cidade Inteligente” e pela ausência de opções…
BAD prevê crescimento de 3,4% na economia de Timor-Leste

BAD prevê crescimento de 3,4% na economia de Timor-Leste

O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) divulgou um relatório onde é previsto um crescimento de 3,4% na economia timorense. Esta…
Cabo Verde: Primeiro-Ministro anuncia investimento de mais de um milhão no turismo

Cabo Verde: Primeiro-Ministro anuncia investimento de mais de um milhão no turismo

O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, anunciou que o Governo vai disponibilizar 1.800.000 contos para o setor…
Banco Mundial estima crescimento económico de 2,8% para Angola

Banco Mundial estima crescimento económico de 2,8% para Angola

O Banco Mundial considera que a economia angolana pode crescer 2,8% em 2024, após ter subido 0,8% em 2023, através…