Guiné-Bissau: PAIGC suspende cinco deputados do partido

Braima Djaló, Mamadi Baldé, Leopoldo da Silva, Saliu Embaló e Luís Leopoldo de Jesus, deputados do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) que em Fevereiro de 2020 votaram o programa do actual Governo, contra as orientações do partido, foram suspensos de todas as actividades partidárias.  

A decisão, tornada pública esta quarta-feira 11 de Agosto, foi tomada pelo Conselho de Jurisdição e Fiscalização do PAIGC, órgão interno do partido encarregue de apreciar e julgar casos internos da indisciplina partidária.  

Segundo o despacho que a e-Global teve acesso, os parlamentares sancionados perdem assim os direitos de militância e, em consequência, o Conselho de Jurisdição e Fiscalização do PAIGC exige que renunciem, por escrito, ao mandato de deputado num prazo não superior a sete dias.  

Os sancionados ainda não reagiram à decisão do Conselho de Jurisdição e Fiscalização do PAIGC.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

O diário de Anne Frank regressa em 2023

O diário de Anne Frank regressa em 2023

Depois de uma temporada de 4 meses no Teatro da Trindade INATEL e com mais de 30 mil espectadores, o…
Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Consulado Geral de Portugal em Luanda anunciou a abertura, no próximo mês de fevereiro, de agendamento para pedido de vistos.…
Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

As autoridades timorenses distribuíram cestas básicas a menos de metade dos beneficiários previstos durante os primeiros seis meses de implementação…
Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

A Assembleia Nacional de Cabo Verde aprovou na especialidade, por proposta do Governo, as novas alterações ao diploma que aperta…