Guiné-Bissau: PAIGC suspende cinco deputados do partido

Braima Djaló, Mamadi Baldé, Leopoldo da Silva, Saliu Embaló e Luís Leopoldo de Jesus, deputados do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) que em Fevereiro de 2020 votaram o programa do actual Governo, contra as orientações do partido, foram suspensos de todas as actividades partidárias.  

A decisão, tornada pública esta quarta-feira 11 de Agosto, foi tomada pelo Conselho de Jurisdição e Fiscalização do PAIGC, órgão interno do partido encarregue de apreciar e julgar casos internos da indisciplina partidária.  

Segundo o despacho que a e-Global teve acesso, os parlamentares sancionados perdem assim os direitos de militância e, em consequência, o Conselho de Jurisdição e Fiscalização do PAIGC exige que renunciem, por escrito, ao mandato de deputado num prazo não superior a sete dias.  

Os sancionados ainda não reagiram à decisão do Conselho de Jurisdição e Fiscalização do PAIGC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin