Guiné-Bissau: Quatro mortos em confrontos entre habitantes de duas “tabancas” de Nhacra

Tabanca Guiné

Os habitantes das povoações de Sum e Yungum, sector de Nhacra entraram em conflito esta terça-feira 29 de Dezembro devido a discordâncias sobre a posse da terra. O conflito resultou em quatro vítimas mortais e numerosos feridos.

As autoridades policiais conseguiram travar momentaneamente a tensão que arrasta-se há vários anos. A imprensa nacional refere que as vitimas mortais são das duas localidades em conflito, Yungum e Sum.

Um dos residentes de Nhacra Teda manifestou a sua estupefacção de em pleno século XXI, que “homens, irmãos, famílias, etc., por causa de bolanha entraram em pancadaria” sangrenta. “Estou a falar de uma briga por causa de bolanha que aconteceu hoje (terça-feira 29 de Dezembro), entre as povoações de Sum e Yungum. Para quem conhece estas povoações sabe que elas, para além de serem, vizinhas são famílias”, referiu.

O mesmo habitante de Nhacra Teda afirma que o Governo terá a “responsabilidade enorme na resolução deste conflito que a meu ver está longe de terminar. O Ministério de Administração Territorial e o Ministério do Interior continuem a fazer o vosso bom trabalho, e ainda que não seria de mais chamar os Tribunais para juntos desencorajarem esta prática”.

“A nossa Nhacra é uma decepção e tristeza. Obrigado ao governo através dos Ministérios da Defesa e do Interior que se não fosse a vossa prontidão a história seria outra e estaríamos perante um genocídio”, escreveu.

No entanto, a intervenção da polícia para travar os confrontos, esteve em eminência de fracassar, não fosse a pronta actuação do batalhão do Centro de Instrução Militar de Cumére. “A situação já estava fora do controlo da Polícia da Ordem Pública (POP) e dos Militares da Guarda Nacional (GN)”, admitiu fonte.

Depois de controlada a situação de conflito, o Ministério do Interior instalou uma força de intermediação a fim de evitar réplicas.

O ministro da Administração Territorial, Fernando Dias, deslocou-se ao local para inteirar-se da situação, mas imprensa não conseguiu obter qualquer reacção do Ministério do Interior.

No início da tarde de terça-feira (30), as quatro vítimas mortais foram transportadas para a morgue do Hospital Nacional Simão Mendes (HNSM), em Bissau, confirmou o Gabinete de Assessoria de Imprensa do Ministério da Administração Territorial.

Enquanto uma calma aparente paira nas duas “tabancas” em conflito, várias pessoas foram detidas e encaminhadas para o Ministério do Interior. Todavia, “neste momento, algumas pessoas estão em fuga por todas as aldeias”, disse fonte no local que considera importante a detenção dos suspeitos a fim que seja apurado “o que esteve na origem deste conflito”.

Fontes consideram que um dos principais entraves na solução deste conflito é a interferência político-militar, e as estratégias adoptadas pelo Governo não têm sido “eficazes” em parte devido a que o sector de Nhacra conta com muitos originários com altas funções nas Forças Armadas. Em meados de Agosto e Setembro deste ano, as mesmas comunidades envolveram-se em disputas violentas, também pela posse de terra.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde e Angola avançam com cooperação na segurança social

Cabo Verde e Angola avançam com cooperação na segurança social

Os Governos de Cabo Verde e de Angola assinaram um protocolo de cooperação para que os povos possam beneficiar dos…
Cabo Verde: Olavo Correia é reconhecido como Melhor Ministro das Finanças em África

Cabo Verde: Olavo Correia é reconhecido como Melhor Ministro das Finanças em África

Olavo Correia, o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Cabo Verde, foi reconhecido como o melhor Ministro das Finanças em…
Tanzânia vai acolher pela primeira vez a Cimeira africana das Pescas 

Tanzânia vai acolher pela primeira vez a Cimeira africana das Pescas 

A capital de Tanzânia, Dar-es-salam, vai acolher pela primeira vez, de 5 a 7 de Junho próximo a Cimeira Africana…
Angola e Vietname querem aumentar nível de cooperação

Angola e Vietname querem aumentar nível de cooperação

Angola e o Vietname têm como objetivo aumentar o quadro de cooperação bilateral na área da economia, além de quererem…