Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Sissoco vai extinguir a Comissão Interministerial de Acompanhamento de Prevenção do Covid19

O presidente da República da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, anunciou no final da tarde desta terça-feira 20 de Maio, que extinguir a Comissão Interministerial de Acompanhamento de Prevenção do Coronavírus na Guiné-Bissau e criar um Alto-comissário de Covid-19, para pôr fim ao estado de Emergência e adaptar o país a viver com a pandemia.

“Vamos criar uma” equipa forte “e se calhar, sair de estado de Emergência. Isto absorveu muito tempo aos ministros e sobrecarregou-os de trabalho”, disse o chefe do Estado.

Na sua declaração, depois do fim da reunião com os membros da Comissão Interministerial, o primeiro magistrado da nação revelou que o Alto-comissário de Coronavírus terá uma equipa constituída por um coordenador, um secretário entre outros cargos, que não adiantou, para Sissoco Embaló, o Alto-comissário só recebe ordens directas do Presidente de República e irá permitir aos ministros que retomem plenamente as suas funções.

Laurena Carvalho Hamelberg

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo