Guiné-Bissau: Sociedade Civil pede maior contenção e ponderação aos partidos políticos

O Movimento Nacional da Sociedade Civil para Paz, Democracia e Desenvolvimento apelou aos actores e partidos políticos com a representação parlamentar a maior contenção e ponderação na busca de uma solução duradoura para a governação da Guiné-Bissau, respeitando sempre os pressupostos legais e constitucionais.

Em comunicado, o Movimento Nacional da Sociedade Civil exortou a Assembleia Nacional Popular (ANP) a respeitar o regimento daquele órgão de soberania, bem como a Constituição da República, de forma a criar as condições necessárias para a apresentação e aprovação do programa de Governo e Orçamento Geral de Estado.

Para a organização da Sociedade Civil, as sistemáticas disputas políticas em torno do poder têm criado um ambiente propicio para agudizar, ainda mais, a frágil situação do país, remetendo sine die os sonhos de desenvolvimento sustentável, sublinhando que tem acompanhado com bastante preocupação a evolução da situação política, com especial destaque para a situação na ANP, a paralisação parcial dos serviços de saúde, greves anunciadas na educação, e asseverou que estas situações têm reflexos no desempenho do Governo, bem como da administração pública e na vida dos cidadãos.

Por fim, o Movimento Nacional da Sociedade Civil para Paz, Democracia e Desenvolvimento lembrou que volvidos mais de 90 dias, após a formação do Governo, até hoje, não foram discutidos e aprovados o Programa e o Orçamento Geral de Estado, instrumentos que são fundamentais para legitimar o Governo.

Tiago Seide

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Portugal fala de poucos oligarcas russos visados pelas sanções

Banco de Portugal fala de poucos oligarcas russos visados pelas sanções

O Banco de Portugal (BdP) instruiu os bancos para congelarem as contas de oligarcas russos, no âmbito das sanções aplicadas…
Moçambique: Deslocados autorizados a regressar a Mocímboa da Praia

Moçambique: Deslocados autorizados a regressar a Mocímboa da Praia

A Secretaria Distrital de Mocímboa da Praia, vila moçambicana da província de Cabo Delgado, informou as autoridades do distrito de Palma…
Guiné-Bissau satisfeita com a visita do primeiro-ministro português António Costa

Guiné-Bissau satisfeita com a visita do primeiro-ministro português António Costa

“A visita do primeiro-ministro [português] deixou os guineenses contentes. Portugal é um país irmão e não um amigo da Guiné-Bissau”,…
Ucrânia: Lviv não consegue acolher mais refugiados

Ucrânia: Lviv não consegue acolher mais refugiados

O presidente da Câmara de Lviv, Andriy Sadoviy, informou à “Reuters” que a cidade esgotou a sua capacidade para acolher…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin