Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Umaro Sissoco Embaló nega ter sido alvo de tentativa de assassinato em Paris

GB Sissoco Embaló
Arquivo

Um pequeno artigo no influente semanário francês “Le Canard Enchaîné” fez referência na edição de quarta-feira 3 de junho a um incidente que envolveu agentes do Serviço de Proteção de chefes de Estado e governo estrangeiros de visita em França (SDLP, sigla francesa), e dois agentes do serviço de informações exteriores francês (DGSE), que supostamente seguiam discretamente os passos do Presidente Umaro Sissoco Embaló na capital francesa.

Este artigo foi retomado por outros órgãos de comunicação social que acrescentaram à informação que o “Presidente Embalo Sissoco escapou a um assassinato em Paris, a 29 de maio”.

Contactado pela e-Global, o Presidente Umaro Sissoco desmentiu categoricamente a informação. “Não fui alvo de qualquer tido de tentativa de assassinato em Paris”, garantiu o Presidente guineense.

O chefe de Estado guineense deslocou-se a Paris no quadro de uma visita privada, tendo a sua estadia decorrido sem qualquer incidente, confirmaram fontes próximas do presidente. Na terça-feira 2 de junho o Presidente Sissoco Embaló regressou a Bissau.

© e-Global Notícias em Português
2 Comentários

2 Comments

  1. Pingback: Guinea-Bissau: Umaro Sissoco Embaló denies having been the target of assassination attempt in Paris | Time24 News

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo