Militares cubanos querem dinamizar agricultura e saúde na Guiné-Bissau

O chefe da missão militar Cubana, João Francisco Perigil, manifestou o interesse do seu país em cooperar com a Guiné-Bissau no domínio de produção agrícola.

Esta segunda-feira, 04 de Setembro, no término da visita que a delegação efetuou ao país, o general João Francisco Perigil espera que Havana e Bissau reforcem os seus laços de cooperação não só no campo militar, mas também no domínio da agricultura e da saúde.

“Estamos disponíveis para iniciar a cooperação com a Guiné-Bissau. Não só no campo militar, mas também no domínio da saúde e da agricultura. Penso que são áreas fundamentais para o desenvolvimento do país” disse, adiantando que Cuba pretende, com a futura cooperação, dinamizar a produção militar no país.

Durante a sua permanência no país, a delegação Cubana manteve encontros com o Presidente da República e o governo, tendo visitado algumas unidades militares do país e o campo agrícola dos militares guineenses.

Tiago Seide

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Rússia só aceita reunião com Zelensky se for para chegar a acordo

Rússia só aceita reunião com Zelensky se for para chegar a acordo

A Rússia reiterou nesta quarta-feira, 16 de março, que só irá aceitar uma cimeira entre o seu Presidente, Vladimir Putin,…
Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, foi condecorado nesta terça-feira, 15 de março, pelo homólogo cabo-verdiano, José Maria…
Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Gustavo Tutuca promove turismo do Rio de Janeiro, na BTL, em Lisboa A Secretaria de Estado de Turismo do Rio…
Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

A ministra dos Negócios Estrangeiros de Moçambique garantiu que o país vai continuar neutro na guerra entre a Ucrânia e…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin