Guiné-Bissau

“O turismo sexual está aumentar na Guiné-Bissau”, alerta Cadi Seidi

A Ministra da Mulher Família e Protecção Social, Cadi Seidi, alertou sobre o aumento do turismo sexual, com o abuso e exploração de menores, especialmente nas ilhas do arquipélago de Bijagós. Cadi Seidi disse estar pronta para lutar contra este flagelo.

Cadi Seidi, que já assumiu funções como Ministra de Saúde e Defesa Nacional, condenou a presença de crianças guineenses em discotecas e bares, e garantiu que o ministério da Mulher Família e Protecção Social que chefia, irá brevemente anunciar medidas que as pessoas podem vir a criticar, mas necessárias para salvaguardar a integridade moral e física das crianças guineenses.

Para a Ministra da Mulher Família e Protecção Social, “medo não existe quando se cumpre a lei”, e sublinhou que ninguém está acima da leis e a justiça tem de ser respeitada em qualquer sociedade. “Não importa quem cometer este acto, se sabe que tem este tipo de personalidade e és figura pública, não cometas este tipo de prejuízo, porque se o fizeres e a lei te apanha, e vais ser obrigado cumprir a lei”, disse Cadi Seidi.

Cadi Seidi aproveitou também para exortar os funcionários de justiça a não ajudarem os infractores a não cumprirem a lei, assim como aos familiares das crianças vitimas do turismo sexual a não ficarem inactivos e denunciarem os abusos, apoiados com provas suficientes para julgar os suspeitos.

Laurena Carvalho Hamelberg

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo