Portugal entrega à Guiné-Bissau 76 mil vacinas contra a Covid-19

Portugal doou à Guiné-Bissau um lote de 76 mil vacinas, da farmacêutica AstraZeneca, contra a Covid-19. Este é o segundo lote, o primeiro foi em Julho e com 24 mil vacinas, totalizando assim, 100 mil vacinas contra Covid-19 doadas por Portugal à Guiné-Bissau.

Segundo um comunicado da Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação portuguesa, as vacinas serão acompanhadas de material para a administração do medicamento da AstrazZeneca, nomeadamente, seringas e agulhas, devendo ser entregues esta semana às autoridades guineenses pela embaixada de Portugal em Bissau.

“As vacinas vão chegar à Guiné-Bissau numa acção conjunta do ministério dos Negócios Estrangeiros, através do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, embaixada de Portugal em Bissau e o Ministério da Saúde, através da Direcção-Geral da Saúde (DGS)”, refere a nota da Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação portuguesa.

As ofertas enquadram-se no âmbito de plano de acção da resposta sanitária à pandemia da Covid-19 entre Portugal e os países africanos lusófonos e Timor-Leste. 

Pandemia na Guiné-Bissau

Sobre o quadro geral da pandemia na Guiné-Bissau durante este ano (2021), “há um número cumulativo de 28.478 viajantes rastreados na entrada e 24.224 viajantes rastreados na saída do país”.

De acordo com uma nota do Alto Comissariado de Luta Contra Covid-19, a que a e-Global teve acesso, “na última semana, foram testadas 1.615 amostras a nível nacional, sendo que 652 resultam da vigilância de rotina nas unidades de saúde e da testagem de contactos de pacientes positivos, 760 do rastreio de viajantes e 203 do controlo de positividade”.

“Dos novos casos testados, 1.495 revelaram-se negativos e 120 revelaram-se novos casos positivo para a COVID-19”, refere a mesma fonte documental, conforme ainda a qual, “destes, 69 casos pertencem ao Sector Autónomo de Bissau, 14 casos a região de Oio, 10 casos a região de Bijagós, 8 casos a região de Tombali, 5 a região de Gabu, 5 casos a região de Biombo, 3 a região de Bafatá e 2 a região de Quinara”.

Dados divulgados esta terça-feira pelo Alto Comissariado de Luta Contra COVID-19 indicam um total de 6.022 casos confirmados, entre os quais, registaram-se 125 óbitos e 386 hospitalizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Mercados voláteis de energia vieram para ficar, alerta Agência Internacional de Energia

Mercados voláteis de energia vieram para ficar, alerta Agência Internacional de Energia

Os preços da energia em todo o mundo atingiram níveis recordes com uma crise de energia que atinge a Europa…
Cabo Verde: Neves liga Veiga a "movimentos extremistas"

Cabo Verde: Neves liga Veiga a "movimentos extremistas"

O candidato presidencial José Maria Neves voltou a afirmar que o rival Carlos Veiga tem ligação a “movimentos extremistas”. Como tal, considera…
Programa "Detetives das Emoções" ajuda a combater a ansiedade e depressão em crianças

Programa "Detetives das Emoções" ajuda a combater a ansiedade e depressão em crianças

Um estudo piloto realizado por uma equipa da Universidade de Coimbra (UC), indica que o programa de intervenção psicológica vulgarmente…
Estudantes de jornalismo com motivações altas e expectativas baixas sobre o seu futuro profissional

Estudantes de jornalismo com motivações altas e expectativas baixas sobre o seu futuro profissional

Uma grande percentagem dos alunos que frequentam os cursos de jornalismo e comunicação em Portugal não acredita na possibilidade de…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin