Guiné-Bissau

Presidenciais Guiné-Bissau: União Africana qualifica eleições como uma “Festa de Transparência”

Sede da União Africana

O chefe da Missão de Observação da União Africana para as eleições presidenciais na Guiné-Bissau faz uma “avaliação positiva” do processo de votação. “Festa de Transparência”, assim qualificou Joaquim Rafael Branco, o acto, que ainda na sua opinião, teve uma avaliação positiva.

Segundo Rafael Branco, os membros da Observação da União Africana (UA) estiveram presentes em 165 assembleias de voto, a nível do território nacional.

Estão a acompanhar este processo eleitoral 184 Observadores Internacionais, nomeadamente 60 da CEDEAO, 54 da União Africana (UA), 47 dos Estados Unidos de América (EUA) e 23 da CPLP.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo