Diplomacia | Guiné-Bissau

Presidente da República viajou esta terça-feira para a Gâmbia

A viagem, de algumas horas, do Chefe de Estado guineense José Mário Vaz à Gâmbia ficou marcada por mais um aparatoso dispositivo de segurança, que, nos últimos tempos, tem marcado as suas deslocações a locais públicos.

Antes de deixar o país, José Mário Vaz disse à imprensa que vai visitar o seu “amigo irmão” Yahya Jammeh.

As últimas deslocações do Presidente JOMAV ao estrangeiro têm sido motivo de muitos comentários e rumores em Bissau. Algumas opiniões consideram que é uma ofensiva estratégica de “charme” para tentar inverter o quadro desfavorável da sua magistratura perante a comunidade africana da sub-região, em virtude da incessante crise politica que arrasta o país há mais de ano.

Recentemente, a CEDAEAO enviou, para Bissau, uma delegação de alto nível, composta pelos presidentes da Serra Leoa e da Guiné Conacri, os quais deixaram uma proposta de saída da crise através da formação de um Governo inclusivo, e que até hoje não foi objeto de discussão entre os atores políticos nacionais.

Fonte da Presidência da República indicou entretanto que o José Mário Vaz deverá também seguir na próxima quinta-feira, 29 de setembro, para Cuba.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo