Presidente responsabiliza a castanha de caju pelo aumento dos preços na Guiné-Bissau

O Presidente da República diz que o aumento dos preços dos produtos da primeira necessidade nos mercados do país deve-se ao “bom preço” da castanha de caju, praticado na presente campanha de comercialização.

A opinião de José Mário Vaz foi manifestada durante um encontro com o núcleo de apoio a Botche Candé, do Círculo 29, que agrupa os bairros Militar e de Hafia em Bissau. Segundo o presidente “não depositaram o dinheiro ganho na campanha de caju nos bancos. Ficaram com o dinheiro em casa, estão a fazer pressão no mercado. Por isso, hoje, verifica-se, no mercado nacional, o aumento de preços dos produtos da primeira necessidade, porque têm o dinheiro em casa” disse, aconselhando aos produtores a abrirem contas no banco e depositarem o dinheiro ganho na campanha.

Na mesma ocasião José Mário Vaz voltou a insistir que a Guiné-Bissau não pode desenvolver, se as pessoas não se dedicarem ao trabalho. “A nossa economia não vai crescer. Não vamos ter hospitais, escolas, estradas, se não nos dedicamos ao trabalho. A única forma de desenvolvermos é metermos a ‘mão na lama’. Quero que o nosso país desenvolva como outros paises do mundo, mas isso só é possível com o trabalho” disse o chefe de Estado guineense.

Aproveitando a presença do Chefe de Estado, o Imame da Mesquita do Bairro Militar, Mamadú Aliu, pediu ao Presidente que use a sua influência para trazer de regresso ao país, todos os cidadãos guineenses exilados no estrangeiro.

O líder religioso pediu ainda ao Chefe de Estado que autorize a legalização de um terreno no Bairro Militar, onde há mais de 20 anos, os fiéis muçulmanos praticam as rezas de Ramadão e do Tabasky.

Tiago Seide

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Turismo no Brasil

Turismo no Brasil

Presidente de Portugal garante vôos da TAP para o Brasil em noite brasileira organizada por empresas de turismo  O presidente…
Angola: João Lourenço realiza visita privada aos EUA

Angola: João Lourenço realiza visita privada aos EUA

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, viajou para os Estados Unidos da América (EUA) nesta quarta-feira, 16 de março.…
Cabo Verde: Cidadãos cabo-verdianos na Ucrânia apelam ao Governo

Cabo Verde: Cidadãos cabo-verdianos na Ucrânia apelam ao Governo

A diáspora cabo-verdiana residente na Ucrânia pede apoio ao Governo de Cabo Verde para lidar com a guerra vivida no local,…
Afeganistão: Sanções norte-americanas piores do que a guerra

Afeganistão: Sanções norte-americanas piores do que a guerra

O povo afegão continua a sofrer desde que os talibãs assumiram o poder do país, em agosto do ano passado.…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin