Satu Camara é a primeira mulher na Guiné-Bissau a ser promovida a General duas estrelas

O Governo guineense promoveu esta quinta-feira, cinco oficiais generais do ministério do Interior. Trata-se de três comissários e dois Majores Generais. Nomeadamente João António Monteiro, combatente-militar na reserva e Adja Satu Camara, igualmente combatente de liberdade da Pátria.

Também foram promovidos os comissários António Carlos, Lino Gomes e Malam Djaura que esteve integrado na corporação dos bombeiros humanitários de Bissau.

Satu Camara é a única mulher guineense a obter a patente de General duas estrelas.

Na cerimónia o ministro do Estado e do Interior, Botche Candé, defendeu a necessidade do cumprimento da lei relativamente à promoção dos agentes de serviços de segurança do estado, e sublinhou que as promoções deveriam ser feitas no intervalo de três e quatro anos.

O ato decorreu no palácio do Governo, e segundo Botche Candé a promoções tiveram o aval do Chefe de Estado, José Mário Vaz, tendo estado presente a hierarquia militar guineense e o corpo diplomático acreditado na Guiné-Bissau.

Adão Ramalho

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Timor-Leste: Três partidos unem-se na Aliança Democrata

Timor-Leste: Três partidos unem-se na Aliança Democrata

São três os partidos timorenses, um dos quais ainda não se encontra registado, que tencionam apresentar-se nas eleições legislativas, previstas…
Guiné-Bissau: UNTG-CS diz supressão do feriado de 3 de Agosto não tem efeito jurídico

Guiné-Bissau: UNTG-CS diz supressão do feriado de 3 de Agosto não tem efeito jurídico

O Secretário-geral da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné – Central Sindical da Guiné-Bissau (UNTG-CS), Júlio António Mendonça, disse esta…
Brasil: autoridades apuram desvios de recursos da saúde em Pernambuco

Brasil: autoridades apuram desvios de recursos da saúde em Pernambuco

A Controladoria-Geral da União (CGU) do Brasil participou na Operação Clã, nos últimos dias, cujo objetivo é apurar possíveis irregularidades…
Angola: Mais de 50% das empresas fogem ao fisco

Angola: Mais de 50% das empresas fogem ao fisco

Dos 200 mil contribuintes empresariais controlados pela base cadastral da Administração Geral Tributária (AGT) em Angola, mais de 50% fogem…