Simões Pereira quer que CEDEAO obrigue Presidente da República a cumprir acordo de Conacri

O Presidente do Partido Africana da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Domingos Simões Pereira, disse, esta quinta-feira, que a Comunidade Económica de Desenvolvimento dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) deve obrigar o Presidente da República a cumprir o acordo de Conacri.

Domingos Simões Pereira, durante uma conferência de imprensa sobre a sua participação na cimeira da CEDEAO em Abuja, capital da Nigéria, disse que “as pessoas com as quais falou sobre a crise guineense, disseram que se fossem elas, a essa hora, já tinham desistido, tendo em conta as abordagens feitas ao Chefe de Estado por parte dos seus homólogos africanos.”

Simões Pereira, perante os militantes e dirigentes do seu partido, reafirmou que o Presidente José Mário Vaz “tem que cumprir o acordo de Conacri”, e instou a CEDEAO a impor a efetivação do documento.

Sobre rumores de que um grupo político estaria a preparar um “assalto” ao parlamento com propósito de forçar o Presidente da Assembleia Nacional Popular (ANP), Cipriano Cassamá, a abrir a sessão parlamentar para a votação do programa do Governo, o Presidente do PAIGC foi categórico e afirmou que tal cenário seria “inimaginável”.

O regresso de Domingos Simões Pereira sugere assim o relançamento de uma fase de guerra politica, com base no cumprimento ou não do acordo de Conacri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste: Presidente promulga OGE de 2022

Timor-Leste: Presidente promulga OGE de 2022

O Presidente timorense, Francisco Guterres Lu-Olo, promulgou nesta segunda-feira, 03 de janeiro, o Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2022.…
Cabo Verde: Porto Novo tem 23 mil contos para emprego e infraestruturas

Cabo Verde: Porto Novo tem 23 mil contos para emprego e infraestruturas

O Governo cabo-verdiano disponibilizou 23 mil contos (209 mil euros) ao município de Porto Novo, em Santo Antão. O dinheiro…
Botsuana dá ordens para matar terroristas em Moçambique

Botsuana dá ordens para matar terroristas em Moçambique

As Forças Armadas do Botsuana receberam ordens para matar os terroristas em Moçambique, caso não se rendam em combates. A…
São Tomé e Príncipe: Carlos Vila Nova diz que "é preciso dar o salto para a modernidade, em 2022"

São Tomé e Príncipe: Carlos Vila Nova diz que "é preciso dar o salto para a modernidade, em 2022"

O Presidente da República São-Tomense, Carlos Vila Nova disse que “é preciso dar o salto para a modernidade”. Essas declarações…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin