Guiné-Bissau | Segurança

Vão “rolar cabeças” depois da fuga de mais de 20 reclusos da prisão da PJ de Bissau

A fuga misteriosa de mais de 20 reclusos, no domingo, 16 de outubro, das celas da Polícia Judiciária (PJ), em Bissau, promete fazer correr muita tinta.

Fontes da PJ informam que os quatro agentes e guardas prisionais que estavam de serviço, estão a ser ouvidos para depois serem instaurados os respetivos processos disciplinares e administrativos.

Dos fugitivos, contam-se alguns condenados, na última sexta-feira, entre cinco e sete anos de prisão, informaram ainda fontes da PJ. As mesmas fontes adiantam que alguns desses reclusos estiveram envolvidos em assaltos à mão armada a agências bancárias e postos de combustíveis da capital guineense.

Testemunhas informam que a fuga coletiva foi desencadeada depois dos reclusos receberem uma visita de um grupo de pessoas desconhecidas, que se dirigiram ao centro de detenção da PJ.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo