China aberta à entrada de mais produtos da Guiné Equatorial

O ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Qin Gang, partilhou que o mercado chinês está aberto à entrada de mais produtos vindos da Guiné Equatorial

A afirmação foi feita ao homólogo equato-guineense, Simeón Oyono Esono Angue, durante a sua visita a Pequim. 

Num comunicado divulgado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros da China nesta quinta-feira, 23 de março, Gang realçou que o seu país encoraja as empresas chinesas a investir na Guiné Equatorial. 

De acordo com o também conselheiro de Estado, a retoma económica da China e a reabertura das fronteiras, depois de três anos de restrições causadas pela pandemia da Covid-19, “trarão novas oportunidades de desenvolvimento” para o país africano. 

Recorde-se que a Guiné Equatorial aderiu ao Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) em abril de 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Esta semana, o governo libanês anunciou que pretende recuar no pedido de investigações de crimes de guerra israelitas em solo…
Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Foi inaugurado, segunda-feira, em Santa Catarina, o Centro de Cuidados de Crianças e Adolescentes com Necessidades Especiais. Localizado no edifício…
África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

Os órgãos eleitorais da África do Sul esperaram concluir este fim-de-semana a contagem dos votos das eleições gerais de 29…
Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

A organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (Fundação AIS) está em estreito contacto com os seus parceiros locais…