CPLP pede à Guiné Equatorial “acesso equitativo” na imprensa

A missão de observação eleitoral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) recomenda à Guiné Equatorial que seja garantido o “acesso equitativo dos candidatos e partidos políticos” na imprensa pública do país, de maneira a “promover o voto esclarecido”

“Tendo observado disparidades na execução dos procedimentos, em particular de encerramento, a MOE [missão de observação eleitoral] da CPLP recomenda a adoção de medidas com vista à uniformização e ao aperfeiçoamento contínuo dos procedimentos de votação e da gestão do processo eleitoral, nomeadamente através da formação e capacitação dos membros de mesa”, lê-se na Declaração Preliminar da referida missão, citada pela “Lusa”. 

Esta é uma recomendação relacionada com as eleições presidenciais, à Câmara dos Deputados, Senado e municipais, ocorridas a 20 de novembro. 

A equipa da CPLP chegou ao país no dia 14 de novembro e prevê-se que parta nesta quarta-feira, 23 de novembro.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PR quer reflexão sobre resultados das reformas legislativas dos últimos anos

Cabo Verde: PR quer reflexão sobre resultados das reformas legislativas dos últimos anos

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, considera necessário fazer “uma reflexão séria e isenta sobre os…
Angola: UNITA considera "injusta" proposta de Lei da Amnistia 

Angola: UNITA considera "injusta" proposta de Lei da Amnistia 

A UNITA considera a proposta de Lei da Amnistia “discriminatória e injusta”, uma vez que a mesma tem “zonas cinzentas”.…
NATO diz que não haverá "paz duradoura" na Ucrânia se Rússia vencer

NATO diz que não haverá "paz duradoura" na Ucrânia se Rússia vencer

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, declarou nesta sexta-feira, 25 de novembro, que não vai haver “paz duradoura” na Ucrânia…
Revista de Imprensa Lusófona de 25 de novembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 25 de novembro de 2022

O portal do Governo de Moçambique escreve que o “PM fala na Cimeira extraordinária da UA sobre industrialização”. A “Folha…