Guiné Equatorial | São Tomé e Príncipe

Embaixador da Guiné Equatorial despede-se das autoridades são-tomenses

O Embaixador cessante da Guiné Equatorial em São Tomé e Príncipe, António Mbale, encontrou-se na manhã de ontem, em audiência com o Vice-Presidente da Assembleia Nacional, Levy Nazaré, a quem apresentou cumprimentos de despedida no termo de sua missão de mais de cinco anos no país.

No final da audiência, disse à imprensa que deixa o paí­s com o sentido de dever cumprido e que o principal fruto do seu trabalho foi a instalação da embaixada do seu país em São tomé.

Segundo o diplomata, as relações entre ambos os países registram um crescimento significativo em termos quantitativos e qualitativos durante os últimos cinco anos, como ilustra a visita de Obiang Nguema, em outubro do ano passado, à ilha.

Mbale disse ainda que decorrem neste momento conversações para o estabelecimento de uma empresa pública, participada pelos dois países, para a exploração de petróleo e gás numa zona de sobreposição fronteiriça, que abrange a zona económica exclusiva dos dois países.

Os dois países têm uma longa tradicção de amizade, desde a independência de São Tomé, uma vez que muitos dos avistas nacionalistas são-tomenses encontraram refúgio em Malabo durante a colonização portuguesa.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo