Guiné Equatorial acolhe “Cimeira de Negócios” da CPLP em fevereiro

bandeira da Guiné Equatorial

A Guiné Equatorial vai acolher em Malabo, entre 14 a 16 de fevereiro, a primeira “Cimeira de Negócios” da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Esta é a primeira vez que recebe o evento desde que aderiu à organização lusófona, em 2014.

O anúncio foi feito pela Embaixada da Guiné Equatorial em Lisboa, capital de Portugal. A cimeira é patrocinada pelo Governo equato-guineense e também pelo secretariado executivo da CPLP, estando a organização a cargo da Confederação Empresarial da CPLP.

O objetivo do evento é “impulsionar, desenvolver e fortalecer a cooperação económica e empresarial” entre os Estados-membros da organização dos países de língua portuguesa e observadores associados.

Um comunicado da Embaixada da Guiné Equatorial refere ainda que o encontro da organização lusófona deverá levar “à Guiné Equatorial grandes empresas de todos os nove países, espalhados por quatro continentes”.

Recorde-se que, além da Guiné Equatorial, a CPLP é igualmente constituída por Portugal, Brasil, Angola, Cabo Verde, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Guiné-Bissau.

One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Goa: Membro da Assembleia Legislativa junta esforços pelo meio ambiente

Goa: Membro da Assembleia Legislativa junta esforços pelo meio ambiente

Sankalp Amonkar, membro da Assembleia Legislativa de Goa, apelou a nove vereadores da Assembleia para se juntarem a ele na…
Angola considerado país "não livre" pela Freedom House

Angola considerado país "não livre" pela Freedom House

Angola está entre os países considerados “não livre” no respeito pelos direitos políticos e liberdades civis, de acordo com a…
Macau: Quase 26 mil não residentes foram contratados nos últimos 12 meses

Macau: Quase 26 mil não residentes foram contratados nos últimos 12 meses

Os dados divulgados, esta semana, pela Direção dos Serviços para os Assuntos Laborais, indicam que as empresas de Macau contrataram…
FMI prevê que economia de Timor-Leste deverá crescer 3,5% em 2024

FMI prevê que economia de Timor-Leste deverá crescer 3,5% em 2024

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que a economia timorense vá crescer 3,5% neste ano de 2024, de acordo com…