Guiné Equatorial ameaça fechar embaixada de França

A Guiné Equatorial ameaçou encerrar a embaixada de França se o polémico edifício em Paris, alegadamente adquirido de forma corrupta pelo Vice-Presidente equato-guineense, Teodoro Nguema Obiang Mangue, for confiscado.

Recorde-se que a justiça francesa decidiu condenar definitivamente o filho do Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo. Uma das consequências é confiscar a mansão do visado na Avenida Foch, em Paris.

Se tal acontecer, a Guiné Equatorial admite a possibilidade de fechar a embaixada de França no seu país. “A Guiné Equatorial informa França e a comunidade internacional que, caso a sentença do Tribunal de Cassação de Paris seja o confisco da propriedade na Avenida Foch, número 42, em Paris, se reserva à reciprocidade dessa decisão (o encerramento da embaixada), escreveu o condenado, Teodoro Nguema Obiang Mangue, no Twitter.

O Tribunal de Cassação de Paris recusou o recurso do governante e considerou-o culpado por branqueamento de dinheiro obtido com práticas corruptas no seu país. É válida a sentença de três anos de prisão suspensa, o arresto de bens adquiridos em França (na lista está o edifício na Avenida Foch) no valor de 150 milhões de euros e o pagamento de uma multa de 30 milhões de euros ao Estado francês.

A mansão em questão está avaliada em 107 milhões de euros. O espaço inclui uma sala de cinema, spa e torneiras forradas a ouro. Apesar de Malabo argumentar que o edifício é a embaixada da Guiné Equatorial em França, Paris contesta esta versão e refere que se trata da residência do Vice-Presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin