Guiné Equatorial: Ativista denuncia “morte por tortura”

O ativista equato-guineense Tutu Alicante declarou publicamente que continuam a registar-se vários casos de violação dos direitos humanos na Guiné Equatorial.

A afirmação foi feita numa entrevista dada à “DW”, onde o ativista criticou o regime do Presidente Teodoro Obiang.

Um dos casos que Alicante deu como exemplo foi o da recente “morte por tortura” que o entrevistado disse que Julio Obama terá sofrido numa prisão em Malabo. Recorde-se que Obama era cidadão espanhol de origem equato-guineense e opositor do Presidente Teodoro Obiang.

“Julio Obama foi sequestrado no Sudão e levado para a Guiné Equatorial sem nenhum acordo de extradição oficial entre os dois países”, partilhou Tutu Alicante.

“É algo que se sabe, porque está nas mãos da Justiça espanhola. Há um vídeo gravado na prisão onde estava o Julio e demais companheiros que demonstra claramente que estavam a ser torturados. E a morte de Julio não é a única”, acrescentou.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Ucrânia: Anunciadas três demissões do Governo

Ucrânia: Anunciadas três demissões do Governo

O vice-chefe do gabinete presidencial da Ucrânia, Kyrylo Tymoshenko, informou nesta terça-feira, 24 de janeiro, que pediu na segunda-feira ao…
Revista de Imprensa Lusófona de 24 de janeiro de 2023

Revista de Imprensa Lusófona de 24 de janeiro de 2023

A “Carta de Moçambique” noticia “Terrorismo: Filipe Nyusi diz que nenhuma província está ‘imune’ a grupos armados”. No “MMO Notícias”…
Brasil conta com novo Representante Permanente junto das Nações Unidas

Brasil conta com novo Representante Permanente junto das Nações Unidas

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil anunciou, no último dia 19, que o novo Representante Permanente do Brasil junto…
Moçambique: Cabo Delgado recebe visita do primeiro-ministro do Lesoto

Moçambique: Cabo Delgado recebe visita do primeiro-ministro do Lesoto

O primeiro-ministro do Lesoto, Sam Matekane, visitou a província de Cabo Delgado no fim de semana.  A deslocação de dois…