Guiné Equatorial: Campanha eleitoral marcada por violações dos direitos humanos

bandeira da Guiné Equatorial

A campanha eleitoral na Guiné Equatorial está a ser marcada por violações dos direitos humanos, de acordo com o jurista e ativista Lucas Olo Fernandes, citado pela “DW”. 

Segundo Fernandes, “a situação atual na Guiné Equatorial é preocupante, porque a campanha eleitoral que se iniciou traz várias situações de abuso contra a oposição e os ativistas de direitos humanos”

Recorde-se que o sufrágio está marcado para 20 de novembro e que o atual Presidente da República, Teodoro Obiang, irá concorrer pela primeira vez contra Andrés Esono Ondo, líder da Convergência para a Democracia Social, único partido da oposição. 

O chefe de Estado irá ainda concorrer pela quinta vez contra Buenaventura Monsuy Asumu, que dirige o Partido da Coligação Social Democrata (PCSD). 

A referida publicação indica ainda que o clima no país é tenso a menos de duas semanas das eleições presidenciais, parlamentares e autárquicas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: CNE destaca tranquilidade durante recenseamento eleitoral

Moçambique: CNE destaca tranquilidade durante recenseamento eleitoral

O presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique, Dom Carlos Matsinhe, afirmou que o recenseamento eleitoral tem decorrido…
Cabo Verde: PR promulga cinco diplomas do Governo

Cabo Verde: PR promulga cinco diplomas do Governo

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, promulgou cinco diplomas do Governo na segunda-feira, 15 de abril. …
Timor-Leste: Fretilin congratula-se com visita de Papa Francisco

Timor-Leste: Fretilin congratula-se com visita de Papa Francisco

A Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin) congratulou-se nesta quarta-feira, 17 de abril, com a visita do Papa Francisco ao…
Ucrânia: Conselheiro de Zelensky diz que não há negociações em curso com a Rússia

Ucrânia: Conselheiro de Zelensky diz que não há negociações em curso com a Rússia

O conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podolyak, informou nesta quarta-feira, 17 de abril, que não há conversações e negociações em curso…