Guiné Equatorial: CPDS denuncia condições desumanas na detenção de ativista

A Convergência para a Democracia Social (CPDS), partido da oposição na Guiné Equatorial, denunciou nesta segunda-feira, 06 de janeiro, aquilo que classifica de condições desumanas em que se encontra o ativista Joaquín Eló Ayeto, que se encontra detido desde 25 de fevereiro do ano passado.

A formação política desconfia que o visado tenha sido torturado novamente, adiantando em comunicado que, de acordo com as informações recebidas da prisão de Black Beach, o militante do partido e ativista “está fechado numa cela minúscula, sem condições de higiene e incomunicável desde 02 de janeiro”.

“As mesmas fontes suspeitam que tenha sido novamente torturado”, pode ainda ler-se.

O CPDS reiterou que a detenção de Joaquín Eló foi arbitrária e que o ativista tem sido torturado desde então, sendo acusado de ter participado numa alegada conspiração para assassinar o Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang. No entanto, essas acusações continuam a ser negadas pelo partido ao qual pertence.

A organização política recordou também que Joaquín Eló foi julgado a 21 de novembro num processo que considera “vergonhoso”, uma vez que “não houve qualquer acusação clara contra ele, provas, testemunhas ou sequer a presença do general que o acusou”.

No comunicado, o CPDS frisou que a sentença do processo ainda não foi decretada por alegadamente o juiz “continuar a aguardar instruções de uma autoridade superior”, mencionando assim que este caso “é mais uma prova da ausência do Estado de direito” no regime de Obiang, sob o qual os “direitos humanos são violados sistematicamente” na Guiné Equatorial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde interessado em consolidar desenvolvimento sustentável com Portugal

Cabo Verde interessado em consolidar desenvolvimento sustentável com Portugal

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, partilhou publicamente a vontade de consolidar o processo de desenvolvimento sustentável em Cabo…
Angola considera "excelentes" as relações com Portugal

Angola considera "excelentes" as relações com Portugal

O Ministério das Relações Exteriores de Angola afirma, através de uma nota de imprensa oficial, que as relações comerciais com…
Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin