Guiné Equatorial

Guiné Equatorial deteta primeiro caso de coronavírus

A Guiné Equatorial tem o primeiro caso confirmado de infeção com o novo coronavírus (Covid-19). O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Salomon Nguema Owono, no sábado, 14 de março.

A paciente infetada trata-se de uma mulher de 42 anos, cidadã equato-guineense, que regressava de Madrid, capital de Espanha. Apesar de ainda não apresentar sintomas, foi colocada em isolamento e o seu estado de saúde está a ser monitorizado, informou o ministro.

De acordo com um comunicado publicado na página oficial da Guiné Equatorial, já foram identificados os contactos da mulher infetada, que estão a ser seguidos.

No mesmo documento, as autoridades de Malabo apelam à “calma e serenidade”, instando a população para que respeite as medidas de prevenção.

Recorde-se que na passada quinta-feira, 12 de março, as autoridades da Guiné Equatorial reforçaram as medidas preventivas, de maneira a evitar a entrada e a propagação do Covid-19 na Guiné Equatorial, limitando o acesso ao país por fronteira terrestre, marítima e aérea.

Este surto, que teve início na China, já causou mais de seis mil mortes e 160 mil infetados a nível mundial.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo