Guiné Equatorial

Guiné Equatorial: Divulgado novo programa de integração na CPLP

bandeira da Guiné Equatorial

Foi divulgado o segundo programa de apoio à integração da Guiné Equatorial na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Este define dois novos eixos de ação, que são o desenvolvimento económico e a comunicação social.

Prevê-se que o documento seja analisado ainda neste mês de fevereiro pelos Estados-membros, que são Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Guiné Equatorial.

Os embaixadores destes nove países deverão estudar a proposta final do documento em sede de comité de concertação permanente (CCP) na quinta-feira, 25 de fevereiro. Nessa ocasião poderão ficar definidos os custos do programa.

Recorde-se que a CPLP desenvolveu um primeiro programa para promover a integração da Guiné Equatorial, único país falante de espanhol em África e que aderiu à organização lusófona em 2014. Depois de ter havido uma missão de observação em 2019, ficou decidido que seria desenvolvido um novo plano de ação.

Desenvolvimento económico e comunicação social vêm assim unir-se aos eixos revistos no primeiro programa, que já eram a promoção da língua portuguesa, acervo ou educação institucional, património cultural, sociedade civil e direitos humanos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo