Angola | Guiné Equatorial

Guiné Equatorial e Angola restabelecem cooperação petrolífera

Guiné Equatorial e a Angola decidiram relançar acordos para a formação de quadros, produção, exploração e comercialização de hidrocarbonetos. O anúncio foi feito através de um comunicado, após uma reunião realizada entre os secretários de Estado dos dois países. 

De acordo com a nota divulgada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), que acolheu o encontro decorrido na segunda-feira, 09 de março, o secretário de Estado para os Petróleos, José Barroso, e o seu homólogo equato-guineense para as Minas e Hidrocarbonetos, Santiago Nsuga, reuniram-se para estreitar a referida cooperação. 

O documento realça, com fonte de intercâmbio, a experiência da indústria petrolífera angolana, com operações que remontam aos anos 1900-1910, acrescida daquela obtida com o projeto de gás natural liquefeito (Angola LNG), na província do Zaire, com uma capacidade de 5,2 milhões de toneladas por ano. 

É também mencionado o momento em que ocorreu este encontro, tendo a Guiné Equatorial e a Angola analisado o impacto da pandemia do Covid-19 sobre as economias nacionais e as implicações da baixa do preço do barril de petróleo no mercado global, na qualidade de membros da Organização dos Países Produtores de Petróleo. 

A ANPG lembrou no comunicado que se encontra em curso um processo de licitação de Blocos no período 2019-2025 e que vê na troca de informações com as suas congéneres em África uma via importante de fortalecimento da posição do continente no contexto mundial.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo