Guiné Equatorial é o único regime autoritário lusófono

A Guiné Equatorial é o único país da lusofonia classificado como regime autoritário, segundo o relatório “Estado Global das Democracias”. O documento é elaborado pelo Instituto Internacional de Democracia e Assistência Eleitoral (IDEA, na sigla em inglês) e reúne dados até 31 de dezembro de 2021.

Já Angola e Moçambique são considerados regimes híbridos. Quanto ao Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Timor-Leste, são vistos como democracias. Sobre São Tomé e Príncipe não existe qualquer referência.

Nas quatro categorias apresentadas – Governo Representativo, Direitos Fundamentais, Controlo do Poder Executivo e Imparcialidade da Administração – Cabo Verde é entre os países de língua oficial portuguesa considerados, com exceção de Portugal (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique e Timor-Leste), como o mais bem classificado em todas.

Por sua vez, a Guiné Equatorial é a que apresenta os piores índices nas quatro categorias.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…
Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

O líder da UCID, João Santos Luís, comentou nesta terça-feira, 03 de janeiro, a mensagem de Ano Novo do Presidente…
Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

No dia em que assumiu a presidência do Brasil pela terceira vez, Luiz Inácio Lula da Silva assinou vários decretos…
Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Arrancou ontem, 03 de janeiro, em Moçambique, o processo de Recenseamento Militar edição 2023, sob o lema: “Recenseamento Militar: Promovendo…