Guiné Equatorial

Guiné Equatorial: Governo anuncia medidas para conter o coronavírus

O Governo equato-guineense tomou várias medidas para conter o surto do novo coronavírus (Covid-19) no país, havendo já um caso confirmado. Entre as decisões tomadas encontra-se a suspensão de atividades académicas e desportivas e a proibição do uso de autocarros.

Essas medidas foram divulgadas através de um comunicado do Governo no seu portal, onde se pode ler que Malabo anuncia a suspensão de todas as atividades académicas, tanto privadas como públicas, a todos os níveis, bem como das competições desportivas. Também os líderes religiosos foram aconselhados a cumprir uma suspensão temporária das celebrações.

O Executivo apelou à população para evitar concentrações com mais de dez pessoas, tendo sido proibido, por este motivo, o uso de autocarros como transporte público.

No entanto, continua a ser permitido o uso de bares e restaurantes, “desde que tomem extremo cuidado com as medidas de limpeza e higiene, desinfetando constantemente o chão, móveis e utensílios”, exceto no caso de festas ou reuniões de grandes grupos.

Casamentos, festas, aniversários, batizados, funerais e velórios são igualmente afetados de forma temporária, além de formas de diversão diurna e noturna, como piscinas públicas, discotecas, parques e casinos.

O Executivo decidiu manter o funcionamento de “todos os serviços de administração pública e privada do Estado”. Os casos de suspeita por infeção pelo novo coronavírus devem ser comunicados pelas linhas telefónicas +240222273815 e +240222517030.

O Governo ordenou aos responsáveis das companhias aéreas para colaborarem com os serviços de imigração do país e cederem a lista de passageiros que entraram na Guiné Equatorial desde 01 de fevereiro, incluindo membros do executivo e altos funcionários do Estado.

Todas estas medidas, iniciadas oficialmente no domingo, 15 de março, deverão manter-se por um período mínimo de 30 dias.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo