Governo da Guiné Equatorial

Guiné Equatorial: Governo quer auxiliar vítimas de Bata

O Governo equato-guineense continua a analisar estratégias para auxiliar as vítimas das explosões ocorridas num quartel de Bata, a 07 de março. O vice-presidente do país, Teodoro Nguema Obiang Mangue, tem visitado algumas urbanizações afetadas pelo sucedido. 

Ao ter percorrido a zona, o governante teve como objetivo avaliar os danos causados pelo incidente. O Oficial de Segurança e Defesa do Estado foi informado em detalhes sobre o estado das casas locais. 

Neste âmbito, o também vice-presidente do Conselho de Ministros prometeu à população local que o Governo iria ajudá-la a reparar os estragos. 

A avaliação das casas visa saber se o impacto das explosões permite ou não que os proprietários das mesmas continuem a morar nelas sem risco de desabamento. Segundo as informações da Obras Públicas, depois de um estudo de situação em colaboração com especialistas israelenses, foi determinado que as habitações não são motivo para preocupar os moradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

São Tomé e Príncipe: deputados aprovam o Orçamento, na generalidade

São Tomé e Príncipe: deputados aprovam o Orçamento, na generalidade

Os deputados São-Tomense aprovaram esta terça-feira, na generalidade, o Orçamento Geral do Estado, (OGE) 2022 orçamentado em 158 milhões de…
Cabo Verde: Escolhido novo Diretor Nacional de Educação

Cabo Verde: Escolhido novo Diretor Nacional de Educação

A atual Diretora Nacional de Educação de Cabo Verde, Eleonora Sousa, vai reformar-se. Trata-se de uma informação divulgada em nota pelo Ministério da Educação…
20 M€ para valorização turística do país

20 M€ para valorização turística do país

Foi ontem, dia 14 de dezembro, anunciado o Programa “Transformar Turismo”, que conta com uma dotação inicial de 20 milhões…
Angola e Rússia criam Câmara de Comércio

Angola e Rússia criam Câmara de Comércio

O diretor angolano para a Cooperação Internacional do Ministério das Relações Exteriores, Carlos Sardinha, afirmou que a criação da Câmara de Comércio Angola…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin