Guiné Equatorial

Guiné Equatorial: Ministra diz que o país quer desenvolver “com cuidado” o setor das pescas

Cabo Verde
Pesca

A ministra da Pesca e Recursos Hídricos da Guiné Equatorial, Adoración Salas Chonco, disse em entrevista que o país tenciona desenvolver o setor das pescas, estando a negociar um novo acordo com a União Europeia.

No entanto, afirmou que este avanço será feito “com cuidado”, para que sejam cumpridas todas as normas envolvidas neste processo de negociações e de forma a que se recolham, entretanto, modelos de outros países.

A representante do Governo equato-guineense disse ainda que o país africano que representa é aquele que tem mais mar, com 314 mil quilómetros quadrados, quando comparado com os países vizinhos, o que faz com que possa beneficiar de determinados recursos marítimos, entre eles o atum.

Ainda assim, um dos problemas da Guiné Equatorial é a pesca ilegal, tal como acontece com os países vizinhos, entre eles o Gabão, os Camarões e São Tomé e Príncipe, além de outras nações da região. Segundo a ministra, o Governo está a tomar medidas para combater a prática, incluindo as mesmas maior controlo e vigilância.

A deslocação até Portugal para participar no evento Oceans Meeting, que decorreu em Lisboa esta quinta-feira, 16 de maio, serviu para estar em contacto com especialistas e aprofundar o conhecimento sobre o tema do mar. No local estiveram igualmente presentes os ministros do Mar de outros países lusófonos, entre os quais de Moçambique e de Angola, além de outros europeus, asiáticos, africanos e sul-americanos, bem como o comissário europeu das Pescas e Assuntos Marítimos, Karmenu Vella.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo