Guiné Equatorial: Ministro da Saúde ordena prisão de enfermeira que fez queixas

O primeiro-ministro equato-guineense, Pascual Obama Asue, em colaboração com o ministro da Saúde, Salomon Nguema Owono, terá ordenado nesta quarta-feira, 15 de abril, a prisão da enfermeira Nuria Obono Ndong Andeme, que trabalha no Centro Médico de La Paz, em Malabo.

O “Diario Rombe”, que avançou esta informação, referiu que o motivo deveu-se ao facto de a profissional de saúde ter comentado, na sua esfera privada, a ineficácia do Hospital Sampaka para enfrentar a crise causada pela pandemia de Covid-19, uma vez que este não tem condições para alojar os pacientes nesta situação.

Segundo a própria, o hospital “não tem oxigénio” e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do mesmo não funciona, uma informação alegadamente divulgada pelo diretor do Centro Médico de La Paz, Irvin Simbarashe.

Nuria Obono terá comentado com um amigo que as enfermeiras que trabalham no Centro Médico de La Paz encontram-se numa situação extremamente perigosa, uma vez que “o paciente filipino que testou positivo para o coronavírus está em estado grave na UTI da Clínica La Paz”. Este doente terá sido levado em primeira instância para a clínica Loery Komba.

As declarações foram feitas através de uma mensagem de áudio, enviada pela enfermeira ao amigo após uma reunião onde estiveram presentes o ministro e o vice-ministro da Saúde, tendo a mesma sido presidida por Irvin Simbarashe.

Nesse áudio a visada criticou ainda as “mentiras” contadas na televisão, questionando o porquê de os que estão na televisão não conseguirem denunciar o que se passa no hospital Sampaka e “qual é a utilidade de se falar tanto na TV sobre um hospital que não serve?”.

Nuria Obono será levada à justiça, uma vez que o ministro da Saúde soube do sucedido e, em conjunto com o primeiro-ministro, decidiu ordenar a prisão imediata da profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…