Guiné Equatorial: Obiang critica primazia de países ricos

O Presidente equato-guineense pediu a renovação e modernização do sistema da Organização das Nações Unidas (ONU). Teodoro Obiang Nguema Mbasogo fez duras críticas à primazia e ao abuso dos países ricos e poderosos. 

Através de uma mensagem de vídeo, gravada anteriormente e transmitida na segunda-feira, 21 de setembro, no Salão da Assembleia-Geral da ONU, por ocasião da comemoração dos 75 anos da organização, o chefe de Estado convidou todos os países a “pôr fim a comportamentos malignos”. 

Foi também dito que acolhessem “um ponto de viragem entre um mundo inseguro, cheio de conflitos, e o despertar de uma nova geração de paz, segurança e prosperidade”.  Para o governante “existe uma clara e urgente necessidade de reformas”considerando notória “falta de vontade política real por parte dos Estados-membros”. 

“Não podemos aceitar que, depois de tantos anos, a Carta das Nações Unidas continue a preservar a primazia dos grandes poderes, que pisam as aspirações legítimas dos fracos, para poderem aproveitar as vantagens democráticas do sistema das Nações Unidas”, acusou. 

Teodoro Obiang declarou ainda que “a falta de respeito pela atual ordem legal internacional é a causa para muitos conflitos, guerras, situações injustas, abusos de poder e uso arbitrário de força nas relações internacionais”. 

Foram igualmente criticadas as “ambições hegemónicas pelo poder”, sustentando que “não existe justificação para o enorme fosso entre os países ricos e os pobres” e que é “inconcebível que, depois de 75 anos da criação da ONU, a ciência e a tecnologia para o desenvolvimento continuem a ser preservações de apenas alguns Estados”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Rússia: Russos incendeiam postos de recrutamento militar

Rússia: Russos incendeiam postos de recrutamento militar

Alguns russos decidiram incendiar postos de recrutamento desde o início da mobilização parcial de reservistas decretada pelo Presidente do país, Vladimir…
Angola: UNITA marcha neste sábado pela liberdade

Angola: UNITA marcha neste sábado pela liberdade

A UNITA convocou no início do mês uma marcha pela liberdade para este sábado, 24 de setembro. O evento foi…
STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

O presidente do Movimento para o Progresso – Partido Novo, Abílio Espírito Santo, tem partilhado a sua experiência como emigrante durante…
STP: MLSTP e ADI terminam campanha com apelos para maioria absoluta

STP: MLSTP e ADI terminam campanha com apelos para maioria absoluta

Os maiores partidos de São Tomé e Príncipe, MLSTP e ADI, encerram a campanha eleitoral nesta sexta-feira, 23 de setembro, fazendo os…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin