Vice-Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang Mangue

Guiné Equatorial: Preso militar suspeito pelas explosões em Bata

As autoridades da Guiné Equatorial prenderam um militar das forças especiais por suspeitarem de uma ligação entre o visado e as explosões ocorridas no quartel de Nkuantoma, a 07 de março.

O incidente ocorrido na cidade de Bata resultou em mais de 100 mortes e um número de feridos superior a 600, além de cerca de 300 casas destruídas e de ter danificado o principal laboratório Covid-19 do país.

A informação sobre a detenção foi anunciada pelo vice-presidente equato-guineense, Teodoro Nguema Obiang, através da rede social Twitter. “Detivemos um militar das forças especiais como suspeito de ter provocado a catástrofe que aconteceu no acampamento de Nkuantoma, mas para tranquilidade de todos a investigação continua aberta”, escreveu.

Numa publicação feita pouco depois, acrescentou que mantêm-se as investigações às causas da explosão. “Queremos saber o que na realidade se passou para evitar que se repita este tipo de sinistros no nosso país”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin