Guiné Equatorial quer ajuda dos EUA contra pirataria

A Guiné Equatorial pediu aos Estados Unidos da América (EUA) para que reforçassem o apoio na luta contra a pirataria dos seus barcos e plataformas no Golfo da Guiné, que sofreram pelo menos quatro ataques de piratas no ano passado. É daqui que vem mais de 80% do Produto Interno Bruto (PIB) deste país africano. 

O apelo foi feito pelo ministro equato-guineense das Relações Exteriores e Cooperação, Simeón Esono Angue, ao subsecretário Interino da Defesa dos EUA, Anthony Jean Tata, que lidera uma delegação norte-americana de visita à Guiné Equatorial. 

De acordo com a informação oficial do Governo equato-guineense, na conversa com a delegação norte-americana o governante Esono Angue pediu aos EUA para que colaborassem com o seu Governo na política de luta contra os raptos e ataques às plataformas e barcos petroleiros. 

Para Esono Angue, a pirataria marítima é “um tema chave na segurança nacional”, sendo importantes “os esforços conjuntos” com os países da região para “lutar contra este flagelo”. 

Foi igualmente destacada a importância da formação, do intercâmbio de informações e da dotação de recursos humanos e equipamentos para contrariar os efeitos dos crimes em alto mar. 

Recorde-se que os EUA são o principal investidor na Guiné Equatorial. As companhias norte-americanas exploram grande parte das reservas petrolíferas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste: Mais dois candidatos presidenciais registados no Tribunal de Recurso

Timor-Leste: Mais dois candidatos presidenciais registados no Tribunal de Recurso

Os candidatos presidenciais José Ramos-Horta e Felisberto Araújo Duarte formalizaram as candidaturas junto do Tribunal de Recurso, indica a “Tatoli”.…
“Tivemos sim uma retomada importante nos negócios”, defende Fábio Pizzamiglio, brasileiro especialista em negócios internacionais

“Tivemos sim uma retomada importante nos negócios”, defende Fábio Pizzamiglio, brasileiro especialista em negócios internacionais

Fábio Pizzamiglio, diretor da Efficienza Negócios Internacionais, acredita que “a recuperação do mercado brasileiro passa invariavelmente pela situação mundial e…
Cabo Verde: Governo acusado de subir impostos "de forma sorrateira"

Cabo Verde: Governo acusado de subir impostos "de forma sorrateira"

O dirigente do grupo parlamentar do PAICV, João Baptista Pereira, acusou o Governo cabo-verdiano de aumentar os impostos “de forma…
ONU pede fundos para Afeganistão não ter de vender bebés

ONU pede fundos para Afeganistão não ter de vender bebés

A Organização das Nações Unidas (ONU) apelou novamente à recolha de fundos para o Afeganistão. Este é um pedido urgente,…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin