Guiné Equatorial

Guiné Equatorial recebe 26,5 ME do BAD para melhorar gestão das finanças públicas

Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) anunciou que aprovou um empréstimo de 26,5 milhões de euros para ser destinado à modernização e implementação de melhorias na gestão das finanças públicas da Guiné Equatorial nos próximos cinco anos.

“O Conselho de Administração do BAD aprovou um empréstimo de 26,5436 milhões de euros à República da Guiné Equatorial para financiar o Projeto de Apoio à Modernização das Finanças Públicas”, pode ler-se no comunicado distribuído em Malabo, capital do país africano, onde decorrem os Encontros Anuais desta entidade.

O apoio institucional irá ser implementado entre este ano e 2023, tendo como objetivo apoiar as autoridades nos esforços para reforçar a governação e modernizar a gestão das finanças públicas.

“Este apoio surge num contexto de queda dos preços do petróleo, iniciada em 2014, e de um programa de reformas económicas e financeiras apoiado pelo FMI [Fundo Monetário Internacional] através de quatro eixos prioritários: modernização do quadro regulamentar das finanças públicas, reforço da mobilização das receitas não petrolíferas, informatização das autoridades financeiras e fortalecimento da capacidade de gestão das finanças públicas”, refere ainda o documento.

A medida foi tomada para restabelecer a margem de manobra orçamental necessária para a diversificação económica.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo