Europa | Guiné Equatorial

Guiné Equatorial recebe hospital e equipa de desminagem da França

bandeira da Guiné Equatorial

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, fez um apelo de ajuda internacional após as explosões ocorridas na cidade de Bata. A França já respondeu a esse pedido de auxílio ao disponibilizar no país africano um hospital de campanha, medicamentos, tendas e também uma equipa de desminagem.

O anúncio da França foi feito nesta quarta-feira, 10 de março, em resposta às explosões que mataram pelo menos 105 pessoas e causaram mais de 600 feridos.

“A mobilização francesa incluirá nos próximos dias um avião com um hospital de campanha, que permitirá o tratamento de 250 feridos graves e ‘kits’ médicos e pediátricos de emergência para tratar cerca de um milhar de pessoas”, pode ler-se no comunicado divulgado pelo país europeu.

No mesmo voo prevê-se ainda o seguimento de materiais e equipamentos para o combate à Covid-19, além de tendas e ‘kits’ para cozinhar, destinadas aos cidadãos desalojados devido ao incidente.

Está igualmente previsto o envio para Bata de uma equipa de desminagem composta por dez elementos, de acordo com o Ministério da Europa e dos Negócios Estrangeiros francês. O apoio é dado apesar das divergências existentes entre os dois países na área da justiça.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo