África Subsaariana | Guiné Equatorial | São Tomé e Príncipe

Novo embaixador da Guiné Equatorial em STP quer dar prioridade à exploração conjunta de petróleo

São Tomé e Príncipe e a Guiné-Equatorial vão continuar a conversar sobre a exploração do petróleo na fronteira comum, segundo o novo embaixador da Guiné Equatorial, Paulino Bololo Ekobo.

Ekobo apontou a exploração conjunta de petróleo como uma das áreas prioritárias da sua missão diplomática no país, durante a cerimónia de acreditação junto da presidência são-tomense.

Em declaração à imprensa, o diplomata afirmou que “durante a sua missão tudo fará para materializar o acordo firmado no sector do petróleo”.

Além da constituição de uma empresa mista afecta ao sector petrolífero, o pré-acordado prevê também, essencialmente, a exploração de um bloco situado numa zona de sobreposição entre os dois estados-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

São Tomé e Príncipe já possuí uma zona de exploração conjunta de petróleo com a Nigéria na base de um tratado político assinado em Fevereiro de 2001 resultante de conversações semelhantes às que tem tido agora com a Guiné-Equatorial.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo