Gigante chinês do comércio electrónico quer que Macau seja uma “cidade inteligente”

O fundador e presidente executivo do grupo chinês de comércio electrónico Alibaba disse, esta segunda-feira uma palestra na Universidade de Macau, estar confiante no desenvolvimento de Macau como uma “cidade inteligente”.

Na mesma sessão organizada pela Câmara de Comércio de Zhejiang, presidida pelo próprio Jack Ma Yun, sublinhou que a grande oportunidade de Macau reside nas suas pequenas e médias empresas bem como no seu relacionamento com os países de língua portuguesa.

Mas adiantou que a cidade devia criar um novo tipo de sistema financeiro através da Internet, ao invés de sem construir sobre bases já existentes, uma ideia que afirma já ter discutido com o secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong Vai Tac.

Jack Ma Yun, depois de apresentar a sua visão sobre as profundas alterações no sistema financeiro global no decurso dos próximos 30 anos, mencionou como elementos positivos o facto de Macau, bem como Hong Kong, serem sociedades abertas e disponíveis para aceitarem novas ideias vindas do exterior.

Um comunicado do gabinete do chefe do executivo de Macau, Fernando Chui Sai On, divulgado segunda-feira informou, entretanto, Jack Ma Yun aceitou o convite do governo do território para ser consultor no Conselho para o Desenvolvimento Económico e no Conselho de Ciência e Tecnologia.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde é dos 21 melhores destinos para visitar em 2023

Cabo Verde é dos 21 melhores destinos para visitar em 2023

Cabo Verde encontra-se entre os 21 melhores destinos para se visitar em janeiro de 2023, de acordo com a lista…
Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

A Vice-Presidente de Angola, Esperança da Costa, partilhou a sua surpresa no que diz respeito à existência de um grande número…
Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a primeira avaliação do programa de financiamento de três anos ao Orçamento do Estado…
Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…